• Adélia Galantini

Quais serão as tendências do mercado da moda em 2020?


E como sempre estamos acostumados a dizer assim que acaba o carnaval: começou o ano! E 2020 já começou fazendo história com tantos acontecimentos que impactam o setor da moda direta ou indiretamente.


Para quem atua no varejo são tantas as novidades e desafios que o empresário precisa se desdobrar para filtrar as informações que podem beneficiar o seu negócio. Esse é o momento de fechar o balanço das coleção passada e focar nas novidades da nova coleção que o seu cliente procura. Esse é um momento que o lojista deve estar bem atento ao cenário atual dos negócios de moda para atender não só as expectativas de seu cliente como também para captar novos. E esse é ainda um momento crucial para a gestão do seu negócio: as compras. Quais serão as marcas e os produtos que ele precisa ter na sua loja para manter seu cliente ativo e satisfeito e ainda aumentar o número de compradores?


Pra ajudar nesse momento de decisão o primeiro passo é entender o que os consumidores esperam das marcas nos próximos anos?

03 tendências que definirão o que o consumidor espera das marcas nos próximos anos.


Baseado nas modificações dos últimos anos, a WGSN (autoridade global em análises e previsões de tendências) elaborou um estudo que apresenta algumas tendências que definirão o que o consumidor espera das marcas nos próximos anos, o que é importante que os varejistas estejam atentos.


1. A importância dos sentimentos

O estudo mostrou que os consumidores estão em busca de conexões mais humanas. Ou seja, uma relação pessoal, algo mais humanizado, diferente da tecnologia de inteligência artificial e experiências digitais. Por isso, investir em funcionários e em tecnologias que aprofundem as relações é um bom caminho.


2. A economia da Confiança

A cada dia que passa as pessoas estão mais desconfiadas. Isso porque muitas instituições estão em descrédito, sejam governos, imprensa, marcas e empresas. Dessa forma, as empresas que inspiram confiança, possuem chances de gerarem muito mais conversão.Por isso, representar o consumidor, se posicionar e apoiar causas são algumas estratégias que ajudam os consumidores a confiarem mais na marca. Além disso, entender os medos de seus clientes, agir com transparência e até mesmo atuar como membro em alguma causa nobre na comunidade são táticas que devem ser utilizadas.


3. Preocupações climáticas

Devido aos desastres naturais e danos causados ao ecossistema que o planeta vem sofrendo, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com ações que torne o mundo um ambiente melhor para se viver. Com essa nova reação emocional dos consumidores, é essencial que os varejistas se preocupem com soluções para o meio ambiente. Um exemplo disso no mundo da moda é a loja Zara que têm incentivado os seus consumidores a devolverem roupas danificadas ou que já não utilizam mais, para a reciclagem de fibras.


Certamente, nos próximos anos para que se tenha ainda mais sucesso no setor varejista, muitas empresas deverão estar alinhadas com as tendências que vêm surgindo, e com o mercado da moda não é diferente.


Belo Horizonte é um dos maiores polos de moda do Brasil e oferece ao lojista uma grande variedade de opções para compor seu mix. Muitas marcas já estão incorporando as tendências citadas o que facilita a parceria entre a indústria e o varejo.


Confira em nossa página as marcas que hoje compõem o Guia do Distrito da Moda de Belo Horizonte e escolha aquelas que atendem ao seu público.


Caso queira uma consultoria sobre o acesso às compras nos showrooms basta entrar em contato conosco clicando aqui.

692 visualizações
  • Facebook
  • Instagram